Só hoje já passei os olhos por uns 30 artigos sobre resoluções para 2018. E tal como muitos de vocês abri uns tantos que li com afinco, outros pela diagonal e alguns que fechei logo.

Mas algumas coisas saltam à vista em todos estes artigos: falam de alterações rápidas, a curto prazo e que trazem também resultados rápidos.

“Como recuperar dos exageros de natal em 5 dias” “Como ficar em forma em 1 mês”. Nenhum desprimor contra estas técnicas que seguramente são boas alavancas para dar inicio a alguma mudança, mas a longo prazo não nos trazem mudanças efetivas.

Eu já tive a minha dose de tentativas frustradas de dietas, hábitos de atividade física, desde ginásio, a corrida, a ginásio de novo a corrida de novo: uns bons tempos de afinco total e depois de alguns dias de descanso tudo por água abaixo “Agora também já não vale a pena”.

Nos últimos anos temos sido levados a acreditar que as mudanças acontecem de 1 mês para o outro, de uma semana para a outra ou até de 1 dia para o outro. E percebo perfeitamente o desejo, se me garantissem que num mês ficava saudável e em forma para toda a vida inscrevia-me já! Apesar de eu adorar a ideia, não representa de todo a realidade. Mudanças verdadeiras levam a meses e até anos a surtir efeitos a longo prazo (os importantes).

Aqueles efeitos que previnem doenças e prolongam não só a quantidade de anos que vivemos, mas também a qualidade.

Portanto, e embalada nas resoluções de ano novo, sugiro que comece hoje a criar hábitos não para Janeiro ou para 2018, mas hábitos permanentes – hábitos que levam muito tempo e paciência mas conduzem-nos a uma vida mais tranquila e com muito mais SAÚDE.

E se daqui a um mês encontrar um obstáculo NÃO DESISTA. É o meu único conselho. Podia sugerir 100 coisas que tento implementar na minha vida, como beber mais água, comer mais legumes, fazer yoga, andar, e por aí fora. Porém acho que o melhor conselho que se pode dar a quem quer mudar de hábitos é mesmo NÃO DESISTIR. E para não desistir não há lista que nos valha: consistência e persistência para que as mudanças verdadeiras tenham lugar.

É isto que defendemos na Shift You, que as mudanças para serem permanentes levam tempo e exigem dedicação, persistência e verdadeira resistência à frustração. Sem caminhos fáceis, mas com muito apoio para caminhar! 😊

 

Autor: Sofia Alçada Baptista SHIFTER

X