Dor lombar, lombalgia ou dor nas costas, consiste numa dor ou desconforto localizado na região lombar da coluna. É muito frequente na população adulta e em idosos.

Pode ser causada por diversos fatores como:

  • Sedentarismo
  • Esforços Repetitivos
  • Posturas Incorretas
  • Excesso de Peso
  • Hérnia Discal
  • Artrose
  • Entre outros

Portanto, se conseguir identificar a causa da dor, deverá seguir o tratamento indicado. Contudo, é comum não conseguir identificar de imediato a sua causa. Não hesite em procurar ajuda especializada médica.

Desta forma, podemos pensar na sua duração, ou seja, há quanto tempo sente a dor, caracterizando-a como aguda ou crónica.

  • Aguda – pouco tempo de duração (alguns dias ou semanas) e dor forte;
  • Crónica – muito tempo de duração (alguns meses) e dor menos intensa.

A dor aguda pode tornar-se crónica quando não é realizado o tratamento correto por alguma razão e, quando isso acontece, a funcionalidade ou mobilidade da região lombar pode estar comprometida devido à fraqueza dos músculos que a rodeiam.

Conheça mais através de um outro artigo nosso.

 

Como prevenir a dor?

Alguns comportamentos são importantes na prevenção.

Ou seja, esta pode ser feita através da correção de posturas diárias que estejam a ser realizadas incorretamente, evitar carregar pesos ou realização de exercício físico.

Através do Pilates, é possível fazer exercícios de fortalecimento dos músculos e melhorar a mobilidade desta região.

 

Pilates como tratamento na dor lombar

Apesar de sentir dor, a imobilização não deve ser um tratamento a longo prazo. Em caso de dor aguda, poderá ser necessário parar mas, assim que possível, deverá ser feito um fortalecimento dos músculos para que outra crise não apareça.

No quadro de dor aguda, a prática de Pilates contribui para o seu alívio devido à realização de exercícios de alongamento e mobilidade da região lombar.

No quadro de dor crónica, a atenção deverá ser dada ao fortalecimento/ativação do core (músculos mais profundos e superficiais do tronco) e mobilidade através de exercícios específicos.

core – conjunto de músculos localizados no tronco. Divide-se em unidade interna (músculos mais profundos – estabilidade) e externa (músculos mais superficiais – mobilidade).

dor lombar

A ativação do core consiste em contrair ligeiramente estes músculos de forma a estabilizar a lombar, bacia e manter o alinhamento corporal neutro permitindo realizar exercícios e/ou movimentos de forma segura, eficaz e sem dor.

Tanto na prevenção como no tratamento, a ativação do core é essencial para proteger e suportar a coluna das cargas diárias a que está sujeita. Desta forma, a prática regular de Pilates contribui para o aumento da consciência corporal que leva a uma melhoria das posturas diárias e, que por sua vez, diminui a dor lombar a curto e longo prazo.

De salientar a importância que a ativação do core tem, também, noutras patologias da coluna.

 

Texto da autoria da professora de Pilates

Vera Deodato

X